Sábado, 20 de Setembro de 2008

A Afilhada


Olá! Esta história é verdadeira e passou-se há cerca de um ano... A minha afilhada (filha de uma amiga nossa) vem muitas vezes cá a casa e, tendo apenas 15 anos, apresenta um corpo de fazer inveja a muita mulher boa! Morena, olhar atrevido, cabelos longos e um pouco encaracolados, uns peitos bem rijos e sempre em pé, para além de apresentarem um belo volume. Depois, tem um rabo empinado e uma cintura fina, com umas pernas muito bem torneadas... Enfim, a miuda costuma cá vir a casa visitar a família e pede-me sempre para ir navegar na net, pois não tem em casa.

Perguntei-lhe, uma vez, disse que era para um trabalho da escola... Desconfiado, quando fui ter com ela, vi-a atrapalhada a escrever barbie, disney e outros disparates no google, pois bem sabemos que uma menina atrevida de 15 anos não brinca com barbies. Nesse dia, acabou por se ir embora e, eu, à noite, quando mexia no computador, reparei que os sites que ela havia visitado eram pornográficos, o que me encheu de tesão, desejando que ela voltasse cá a casa, o que só acabou por acontecer mais de um mês depois (soube que não por vontade dela, mas por actividades na igreja, imagine-se).

Assim, Xaninha apareceu cá em casa, de vestidinho curto, cueca quase fio dental a mostrar aquelas nádegas apetitosas e um decote que me fez saltar os olhos. A marota fitou-me com os olhos e nem a minha barriga grande me baixou o astral. Pediu-me para ir à net, estava a mãe dela e a minha esposa na sala. O escritório é no 1º andar de casa, sendo que ainda fica um pouco distante da sala... Assim que ela foi para o computador, enviei-lhe uma sms a dizer que sabia o que ela queria ir ver e, ao mesmo tempo, perguntei se podia subir. Respondeu com um timido "sim"... Inventei que tinha que procurar papéis e apanhei as mulheres distraídas, o meu filho a dormir e subi. Lá estava ela com o site da barbie, mas sem estar atrapalhada. De imediato, coloquei-me por trás dela e abri logo um site porno, bem forte, com miudas a mamar nos caralhos de pessoas adultas, etc. Ela aguentou-se, mas desejosa...

Assim, fui-lhe passando a mão nas pernas, ela só fechava os olhos e tremia. Depois, quando passei à cueca, fiquei louco. Aquilo era um forno em chama, bem quente e untado. A minha mão ficou encharcada quando lhe apalpei aquele papo de cona bem gostoso. Xana abriu as pernas e não dizia nada. Lambi-lhe a orelha, enquanto os meus dedos abriam a sua cueca, destapando uma cona de princesinha, com os pelos na medida e com um tesão inacreditável. Com medo, fui até à porta para ouvir se estava tudo bem com a minha mulher e a mãe de Xana, que continuavam a falar entretidamente. Quando volto, já Xana tinha as cuecas no chão e disse: "Padrinho, faz qualquer coisa, por amor de Deus... mas eu sou virgem!" Nessa altura, coloquei as suas costas em cima da secretária e comecei rapidamente a mamar nas suas belas tetas (entretanto de fora do vestido), enquanto o meu dedo viajava rapidamente por aquela rata, passando pelos seus lábios carnudos. Sem tempo para grandes avarias, limitei-me a mamar fortemente aquela rata, com a minha lingua a esticar tanto que me doia.

Mas mamei aquele muco vaginal todo até à última gota. A puta da miuda vinha-se que nem uma doida e tive que pôr o som do ipod mais alto para que ninguem descofiasse de algum barulho. Eu estava de calções e, enquanto mamava na cona de Xana, vim-me todo para o chão, pois já havia tirado o pau de fora e esporrei-me que nem um doido, tendo o tapete ficado cheio de esperma que limpei mais tarde. Não houve tempo para mais naquela tarde e depois de me recompor, desci e fiz compania à minha mulher e amiga, que nada desconfiaram.

Fiquei a pensar como comer a minha afilhada ...

Para qualquer conto ou mensagem, mandem email para

boss_1@aeiou.pt

publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 18:05
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds