Sexta-feira, 13 de Junho de 2008

Feriado P/Recordar


Quarta-Feira á tarde. É feriado,<< 8 de Dezembro>>.
Estamos os dois sozinhos, coisa rara nos últimos tempos. Estavamos no sofá a fazer zapping, quando chegamos ao sexyhot. Está uma loira a chupar dois tipos bem parecidos. Passados trinta segundos já um deles estava enterrado naquele rabo habituado a ser fodido.

Nós já não fodiamos há algum tempo. Mas hoje também não podia ser da forma tradicional. Ela estava naquela altura do mês.

"Quero comer o teu cú maravilhoso", disse-lhe. "Quero que me chupes primeiro, e depois quero enrabar-te pela primeira vez".

Ela manteve-se silenciosa e esboçou um sorriso de menina malandra. Ajoelhou-se, desapertou as minhas calças e pegou no meu pau ainda mole. Começou a lamber a cabeça muito lentamente e de seguida engoliu-o por completo. Deixei-a chupar-me por uns minutos e puxeia para cima, queria beijá-la, morder-lhe as mamas e chupar o clitóris delicioso. Virei-a de barriga para baixo e pedi-lhe para espetar o rabo para cima. Comecei a chupá-la lentamente. Primeiro o seu clitóris inchado, depois enfiei a língua na sua fenda aberta e húmida, terminando no seu cú delicioso. Demorei o tempo necessário para humedecer a entrada muito bem. Continuei até ela se vir.

"Afasta as tuas nádegas com ambas as mãos", ordenei. "Abre-te para mim, quero enfiar a lingua nesse cú convidativo." A visão do cú dela arregaçado era divinal. Enfiei a minha lingua e cuspi lá para dentro. Enfiei um dedo, depois outro e iniciei o vai-vém. Ela estava pronta para receber o meu pau.

Ela continuou a abrir o cú com ambas as mãos, e eu apontei o meu membro duro á sua entrada. Forcei, e a pouco e pouco fui enterrando por completo. Que sensação fantástica! Comecei a fodê-la e muito rapidamente estava pronto a vir-me. Mas eu não queria vir-me dentr do cú dela. Não hoje. Saí de dentro dela e sentei-me no sofá. Ela ajoelhou-se á minha frente e volta a chupar-me. Ela é fantástica a chupar-me! Sabe usar a lingua e os lábios de um forma divinal.

"Quero vir-me na tua boca." Ela acenou afirmativamente com a cabeça e acelerou os movimentos. Parei no fundo da sua garganta e vim-me como há muito tempo não acontecia. Enchi-lhe a boca. Gozei tanto que ela não conseguiu conter tudo e escorreu-lhe um pouco pelos lábios e queixo. Foi terminar em beleza uma foda deliciosa.
publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 20:27
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds