Sábado, 29 de Março de 2008

Sexo numa Festa


Sou um jovem de 23 anos e tenho muitas fantasias eróticas, e vou partilhar esta convosco.
eu e a minha namora da tinhamos ido passar o fim de semana a caldas da rainha onde eu tenho casa. como é costume combinei com alguns colegas meus aparecerem por lá para almoçarmos todos juntos, mas desta vez eu tinha planos. umas das minhas colegas que eu convidei tem namorado mas costuma atirar-se mim e eu não lhe dou atenção, mas decidi fazer com ela aquilo que não posso com a minha namorada, sexo anal. ela tem o mais maravilhoso cu que alguma vez vi e eu estava decidido a comer-lho. para além dela e do namorado convidei também um casal de amigos que costumam ter muitas aventuras sexuais e que eu convenci a ajudarem-me a organizar uma sessão de sexo em grupo. quando cheguei a caldas fui ás compras sozinho e passei por uma ervanária onde comprei pau de cabinda. como sou eu que costuma cozinhar decidi fazer frango com esparguete e juntar o pau de cabinda que é o mais potente afrodisíaco que eu conheço. quando os meus amigos começaram a chegar eu tratei logo de distribuir martinis para descontrair. depois de almoçar-mos e de algum álcool fomos para a sala para conversarmos um pouco. deixei que comessasse a fazer efeito e comecei a beijar a minha namorada, a M., de maneira sexy deixando o clima subir. noutro sofá o casal com quem eu tinha tudo combinado, o S. e a J., também se beijavam sofregamente e deixavam as mãos deambular por todo o corpo. disse baixinho á minha namorada que estava a ficar com uma grande tusa e ela quis ir para o quarto mas eu disse-lhe que não queria deixar os meus amigos ali sozinhos e que a fazer alguma coisa teria de ser ali, á frente deles. ela amuou mas eu sentia que ela estava muito excitada. a minha amiga que eu queria comer, a E., disse-me que eu falava mas que nem sequer teria a coragem de me despir ali. dito isto eu nem esperei por nada e despindo as calças fiz saltar um pau feto de dentro dos boxers e disse-lhe "se quiseres chupa". a minha outra amiga, aproveitando a deixa, saltou do colo do S. e agarrando-me pelos colhões meteu-o de imediato na boca. a minha namorada ficou um pouco chocada mas eu percebi que havia ali um misto de zanga e de excitação. o S. não perdendo tempo agarrou na E. e levou-a para o outro sofá deixando a minha namorada sozinha com o R.
a J. chupava-me com maravilhosa experiência (o meu amigo J. já me tinha dito que ela era maravilhosa a mamar)o que me deixava em extase. o J. começou a comer a E. á canzana o que a estava a deixar louca de tal maneira que gemia que nem uma cadela. olhando para o R. e para a minha namorada M. e perguntei-lhes se iriam ficar só a ver. deitei a J. de costas no chão e comecei a lamber-lhe aquele grelo magnífico que já estava todo sumarento (eu havia prometido á J. que lhe faria um minete e ao S. que o deixava comer a M.). com um dedo comecei a penetrar aquela cona que se apertava toda em volta dele. depois desloquei o dedo para o cu coisa a que ela não estava abituada e que pareceu gostar bastante. entretanto a M. já cavalgava o R. a grande velocidade. depois de deixar a J. ter uns quantos orgasmos decidi que havia chegado a hora de trocar e fui buscar a E. que já chupava o caralho teso do S. o S. que queria comer a minha namorada, aproveitou a deixa e foi buscá-la acima do R. e a J. substituiu-a. eu deitei a E. de quatro e comecei a com^-la á canzana pois achei que era a melhor posição para obter aquilo que eu queria. aquela cona estava a ferver e eu penetrei-a de uma só vez o que a fez gemer profundamente. depois de umas estocadelas naquela cona fabulosa eu decidi dar largas á minha vontade e disse-lhe ao ouvido que a iria enrabar, disse-lhe isto segurando-lhe as ancas com medo que fugisse. para meu espanto ela gemeu um profundo sim e com as próprias maos afastou as nádegas para me facilitar o caminho. um pouco a custo penetrei e deixei que o anús se habituasse e relaxasse.
entretanto o S. comia-me a namorada de tal maneira que ela gemia como eu nunca tinha ouvido e o R. continuava a ser cavalgado pela J. comecei a ir e vir no cu da E. e senti o orgasmo aproximar-se. acelerei e ela levou a mão dela ao grelo que agitou rapidamente tendo obtido um orgasmo quase simultâneo. ao meu lado a J. chupava os colhões do R. e quando ele se estava a vir bebeu todo aquele suco da vida. do outro lado o S. retirou-se de dentro da M. mesmo no fim vindo-se-lhe nas mamas, o que eu sabia que ela detestava pois já tinha feito a sugestão, mas para meu espanto ela esticou a lingua e começou a espalhar a esporra por todo o corpo e a masturbar-se até atingir um orgasmos em espasmos corporais como eu nunca tinha visto. foi uma tarde maravilhosa.
publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 00:51
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds