Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

A tia que sempre sonhei


Venho por este meio contar o que se passou cmg, foi um sonho realizado. Tenho 26 anos alto e bem constituido, e tenho uma tia de 38 anos magra e muito elegante de nome Angela(nome ficticio). Então a história começou assim:

Durante muitos anos me masturbei pensando nela, imaginei-a de todas as formas, um dia em familia as minhas tias estavam a falar sobre as estrias de cada uma, até que a minha tia Angela dicidiu baixar as calças pra se fazer entender do estava a falar, foi aí que a ví só de cuequinha e ví aquela vagina muito gira e bem cheinha, fiquei louco de tesão, não aguentei e fui á casa de banho bater uma que me soube lindamente, desde então sempre que a via reparava em todos os pormenores do seu corpo, tem uns peitos pequenos mas mt arrebitados e com uns biquinhos bem escurinhos, desde então fazia de tudo para a ver, começei a passar mais vezes em sua casa, ela muitas vezes me dizia que eu estava mt jeitoso, passava a vida a dizer isso, e dizia que as raparigas jovens lá da terra passavam a vida a falar de mim, foi aí que criei coragem e num tom de brincadeira lhe disse que gostava era de maduras, ela sorriu...

Um dia de semana como tenho liberdade no meu trabalho passei em casa dela para me fazer um trabalho numas calças(ela é costureira), mas como o trabalho exigia que tirasse as calças, eu disse-lhe que sendo assim passava lá outro dia com as calças, ela disse: não, tiras as calças que isto é rapido... E assim tirei, mas como a minha mente não pensava noutra coisa, vieram-me todos os pensamentos eróticos com ela à cabeça, foi aí que o meu pau cresceu de uma forma louca, tentei tapar com a camisola, mas não tapava tudo, foi aí que ela por entre a maquina olhou e reparou, e disse: "fogo André, que se passa?." Fiquei vermelho que nem um pimento, e respondi que não se passava nada, ela soltou um sorriso maroto, quando se levantou para passar as calças a ferro rossou o cu no meu pau... eu já não me controlava mais, varias vezes pensei em arriscar, mas podia levar um corte! Foi entao que ela me esticou o braço para me entregar as calças e me olhou fixamente com uma cara sexy, olhei-a tb, e ela perguntou-me mt envergonhada:

Estás a pensar no mesmo que eu? e me olhou para o pau, foi aí que não aguentei e a puxei para mim beijando-a loucamente, minha lingua a devorava, chupei a sua lingua, seus labios enquanto ela me meteu as maos dentro dos boxers e me agarrou o pau, sem a parar de beijar tirei a sua bata de trabalho, ela repetia varias vezes que aquilo não era correcto mas continuava a beijar-me, tirei a sua camisola de alsas e estava sem soutien, chupei aquelas mamas durante alguns minutos... e comecei a tirar-lhe as calças, e disse-lhe que varias vezes tinha sonhado com isto, e que queria lamber-lhe aquela vagina até à ultima gota, a resposta dela foi empurrar a minha cabeça pra baixo em direcção à vagina, foi aí que reparei que ela estava completamente molhada, tirei pro lado a sua linda tanga branca as rendas e lambi a toda, o seu cheiro era agradavel, chupei aqueles labios vaginais, metia a lingua até não poder mais, acabei por lhe tirar a tanga e ela sentada na mesa de pernas abertas continuei a lamber, ela atingiu varios orgasmos, o liquido era tanto mas eu chupava-o todo, o cheiro era tão agradavel que até o cu lhe lambi, e com a minha cara completamente coberta do seu liquido voltei a beija-la na boca, ela estava a adorar e eu também, confessou-me que nunca tinha atingido tantos orgasmos seguidos, então me mandou sentar eu na mesa, foi aí que ela começou a mamar no meu pau, era tão bom, mas tambem lhe queria lamber a cona ao mesmo tempo, foi aí que fizemos um 69, quando ela se vinha baloiçava na minha cara, eu adorei o seu cheiro, ela confessou que deitava creme no cuzinho, ainda mais tesão me deu de lho laber, sentou-se de pernas abertas para mim e pediu-me para a penetrar, mas aqueles labios vaginais estavam tao deliciosos que não resisti e lhe dei mais umas lambidelas até que a penetrei loucamente, aodrava o seus timidos gemidos, colocou-se de 4 e continuei a penetrar, mas estava a vir-me quando ia a tirar ela segurou-me para que me viesse dentro dela, disse-me que estava a tomar a pilula, deitei tudo lá para dentro, qd tirei fora o meu esperma até escorria por a sua vagina em direcção às pernas, parei um bocado, deitei-me em cima da mesa pra nos recompormos, estava no céu, então ela se levanta e começa e mamar no meu pau que estava mole, o meu esperma notava-se nos seus labios, logo o meu pau cresçeu de tanto tesao, adorei aquele esperma na sua boca, começei a meter o dedo no seu cu, perguntei-lhe se ainda era virgem do cu, ela disse que já tentou mas não conseguiu, então pedi pra tentar de novo, ela aceitou, ela de 4 meti o meu pau na sua vagina para molha-lo com o meu esperma, e penetrei lentamente, dei 3 bombadas mas ela não aguentou.

Sentei-me e ela sentou-se sobre mim metento o pau na vagina e começou a baloiçar gostoso, beijou-me, conseguia sentir o sabor do meu esperma, sem problemas pois o tesão era enorme! Ela tornou-se a vir umas quatass vezes eu tb me vim novamente dentro dela, entao que me pediu para fazer-mos de novo o 69, eu aceitei, a sua vagina estava completamente encharcada de meu e seu esperma, reparei que se veio mais umas duas vezes, notava-se os seus liquidos a sair pela vagina, o tesao era tanto que me estava quase a vir, ela reparando disse que queria que eu me viesse na boca dela, foi o que fiz, ela engoliu tudo, sempre sonhei com isso, aí morri de tesao, paramos.... ela disse que foi a maior hora de sexo da vida dela e pra n contar a ninguem... fui embora e acreditem que de tanto tesão voltei lá ao fim da tarde!! Esperei que saisse de lá duas clientes e tornamos a repetir mas mais rapido, pois estava a chegar a hora do meu tio chegar! Concretizei o meu sonho!!

publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 00:36
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds