Sábado, 26 de Abril de 2008

Simulação Masculina


Pois bem, cá estou novamente para contar o que se anda a suceder na minha vida sexual.
Já contei uma minha experiência com a minha namorada. Adorei sensação de ser penetrado... e ela também. Pois bem, falamos e então decidimos ir mais além: Simulação Masculina.
Mas além disso, meu desejo em estar com um homem foi crescendo, dia após dia... já nem conseguia pensar bem. E as férias, fizeram-me bem, pois deu para pensar bem no que queria. E decidi: simulação masculina com namorada e noite com homem versátil.
Comecei então a ir preparar a jogada nas duas pontas: compramos vibrador para prender à cintura da minha namorada e comecei a procurar um rapaz que quizesse partilhar momentos intimos.
Óbvio que apareceram muitos rapazes e homens a querer algo comigo. Fiquei "intimo" de um rapaz que morava perto da minha namorada. Ideal. Estava com ela e depois ir ter com ele. Combinei tudo e chegou o dia. A meio da tarde de sábado, fui ter com namorada a casa dela, conversas e fomos aquecendo. Ela tinha-me falado que já tinha o vibrador em casa e estava ansiosa por usa-lo. Eu ansioso levei creme e assim que ela me preparou meu cuzinho, levantou-se, foi ao quarto a correr e quando apareceu novamente, já o tinha posto à cintura... virei-me logo meu cuzinho virgem para ela... ela não se fez de rogada e devagar, gentilmente, começou a mete-lo no meu cuzinho. Eu tentava aguentar sem dizer nada, sem gemer... mas a sensação era óptima. Passado uns minutos senti que estava todo dentro de mim, e pedi para ela me comer como eu a como. Ela começou devagar, para ir apanhando o jeito, até que entrava como se de um homem se tratasse. Trocamos de posição e montei-a. Estava imparável. Durante mais de 1 hora, meu cu foi aberto pela minha namorada. vim-me 2 vezes, sempre com vibrador dentro do meu cu. Disse para irmos tomar banho, e ela foi andando e aproveitei para mandar sms ao tal rapaz a dizer que passado 1 hora estaria em casa dele. Fui ver ao espelho e vi meu cu todo aberto. Lindo Adorei!
Tomamos banho e no banho enrabei-a como ela gosta, a sentir meus tomates a baterem nela. Mais uma vez me vim, desta vez bem dentro do cu dela. Depois disse k tinha de ir jantar a casa meus pais, ela não queira mas, lá me deixou ir. Mal sabia ela para onde eu ia a seguir.
Fui ter a casa dele e vejo um lindo rapaz à porta. Entrei e começamos a falar, criar amizade. Mas depressa a conversa foi parar ao que ambos queriamos: SEXO! Nisto, entra cerveja e ele ao ir buscar mais, fica á minha frente e tira-o para fora. Eu olhei, lambi meus lábios e um desejo enorme veio a mim: engolir ao mázimo aquele pau. E assim fiz. Abri minha boca ao máximo, e senti a bater-me no fundo da garganta. Fechei lábios e chupei... sensação boa. Ai percebi: era bissexual confesso! Chupei-lhe ao máximo, ao mesmo tempo que lhe apertava o cu e tentava meter dedo dentro do olho dele. Despimo-nos e começamos um bom 69, prolongado, devagar, até que senti um jacto de leite quente na minha boca que me fez engasgar. Ele riu-se e pediu desculpa por não me ter avisado. Fiquei bocado chateado, mas como estava excitado, deixei. Nisto, ele tinha posto creme no meu cu, e depois de se vir, pediu-me para me por de gatas. Eu tipo puta com cio, pus-me de gatas e olhei e vi bolas dele a aproximarem-se de mim... a carne dele a tentar entrar e por fim, a entrar, devagar até que senti uma estocada final, que me fez gritar de dor, mas dor agradável. Só pensava na minha namorada a me comer, e com isso tentei dar o máximo prazer a ele, fiz tudo que ele quiz... de quatro, montei-o, de lado, ele por cima, no sofá, enfim, fui um "bom cú para se comer" como ele me chamou no fim, ao fim de se vir 3 vezes para cima de mim. Perguntouo-me se me iria voltar a ver. Até hoje não o voltei a ver, meu cu é devorado pela minha namorada que 1 ou 2 vezes por semana me quer comer. Eu aceito de bom grado, mas um dia, voltarei a ter amigo e se tudo correr bem, será estável, para convivio regular, em que ambos sejam activos e ambos sejam passivos.

Fiquem bem e tentem tudo que o sexo tem para dar.
publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 22:36
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds