Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

A menina do Ginasio


Olá a todos, serve este pequeno relato para vos contar o que me sucedeu há algumas semanas atrás,passo a apresentar-me, meu nome é Pedro Santos tenho 38 anos e sou praticante de musculação, tenho tido uma vida sexual um pouco atribulada uma vez que sou dono de 23cm de penis com uma espessura considerável de 5,5 cm,o que me tem levado a algumas aventuras pois as mulheres sentem alguma curiosidade por mim.

Certa vez no ginásio reparei que uma das raparigas que treinava não parava de olhar para mim, no inicio achei normal mas depois de alguma insistencia da parte dela comecei a pensar que algo mais se passava. Assim certo dia e já um pouco farto de tanto trocar olhares, aproximei-me dela e meti conversa para ver que tipo de pessoa era. Sandra era o seu nome,muito bonita e tinha um corpo de morrer de tesão só de olhar para ela, uma voz suave e doce como bem poucas; no inicio mostrou-se um pouco recatada, mas depois de alguns minutos de conversa ela propria fez-se convidada para tomar um café quando saíssemos.

Um pouco admirado logo fui aceitando o convite, e lembro-me de pensar que sorte inesperada era aquela que me estava a acontecer naquele dia. No café, conversa puxa conversa e ás tantas sinto a sua mão a roçar-me no pau por cima dos calções, escusado será de dizer que fiquei com uma valente tesão que era notória a kilometros. Depois de a questionar disse-me que tinha uma fantasia de foder com um homem com um pau grande pois o seu marido era pouco dotado e algo breve nas relações, e perguntou-me se eu não queria ir a sua casa, ao que eu acedi prontamente. Quando chegamos a sua casa, verifiquei que morava num apartamento confortável e muito agradável, mal entrei não quis perder mais tempo e passei à acção dando-lhe um grande beijo na boca que ela retribuio de forma generosa e ofegante, agarrei-a ao colo e levei-a para o sofá.

Depressa nos despimos com a excitação e não tardou até que a minha lingua lhe lambesse o clitóris de forma vigorosa e rápida que lhe fazia saltar gemidos de praser, para aumentar ainda mais o seu praser introdosi o indicador na sua vagina e ao mesmo tempo que lhe fazia o minete massajava o seu ponto G com movimentos ritmados, não tardou a vir-se com um grito abafado. Como ainda não estava contente continuei até que se veio uma segunda e terceira vez, que delicia de coninha que a Sandra tinha, estava louco no momento.

Sandra passou à acção e quis retribuir-me com uma mamada, confesso que ela sabia o que fazia, eu por sua vez voltei-a e ficamos de 69 durante um bom bocado. Uma das coisas que achei engraçado foi a sua expressão quando viu o meu pau em pé, fez alguns elogios ao tamanho e logo me disse que não lhe começe o cú porque não estava habituada a levar com tamanho pau e tinha medo de se magoar. Eu concordei e comeceu a meter devagar na sua vagina, Sandra ficou louca ao ver aquele pau de 23X5,5 a desaparecer dentro dela, comeceu devagar e pedois quando reparei que estava mais lubrificada meti com mais força e mais rápido, não tardou a vir-se em convulções ondulando o corpo como uma enguia.

De seguida levantei-a nos meus braços e ela tracou as suas pernas em torno de mim de forma a que ficou totalmente apoiada em mim, voltei a penetra-la e desta vez sem a pousar dei-lhe uma foda até nos virmos, agarrando-se a mim de tal forma que me arranhou as costas! Ficamos a tarde toda naquilo,de todas as posições, depois tomamos um banho e fomos cada um para seu lado. Mais tarde confessou-me que soubera de mim por uma amiga que também tinha estado comigo, mas não me disse quem..., moral da história as mulheres são bem mais atrevidas e astutas, ainda vou eu com o trigo já elas vêm com a farinha !

publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 16:22
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds