Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

Tambem comi a minha sogra


Pelo que sei não sou o primeiro nem o último a comer a sogra.
Desde que o meu sogro morreu qua a minha sogra vive em nossa casa.
Eu e a Luisa, sua filha não temos tabus, e falamos de tudo abertamente.
A minha sogra é uma daquelas mulheres de 60 anos boa como o milho, com um bom cu, e um par de mamas melhores do que as da filha
Há muito que ando de olho naquelas mamas.
Um dia ao jantar estavamos a falar de sexo, e ela lamentou-se que antigamente não era como hoje... que os homens pouco sabiam e que elas a mulheres ainda menos.
Falou-se de sexo oral e de sex anal.
Os olhos dela até se riram
Um dia cheguei a casa fora de horas.
A sua filha perguntei eu?
Foi para o cabeleireiro e vem mais tarde.
Nessa altura ao cruzar-me com ela no corredor passei as mãos pelo seu cuzinho
Ela correspondeu com um sorriso.
Entrei no quarto e chamei-a.
Dª. Amelia !!!
ela veio, e eu sentei-a na borda da cama.
Sem lhe dar hipotese de nada tirei o bacamarte, 21 cm para o grosso, e meti-o na sua boca.
Vá chupe-o todo... disse eu.
Ela olhou para mim como sem saber o que fazer, e eu então agarrei-lhe na cabeça e comecei a foder aquela boquinha.
Aos poucos a tusa aumentou, e eu gemia que nem um doido.
Ela não parava de chupar.
Foi então que a deitei e procurei com a minha cabeça a sua ratinha.
Mas quecona.... bem peluda.
Lambi-a´.
Ela gemia de prazer e pude adivinhar a sua esporradela pela forma como ela reagia.
Vá fode essa cona... vá fode essa cona dizia-me ela.
Mudei de posição e enterrei-me todo de uma só vez.
Como estava molhada e a escorre leite....
Meti e voltei a meter tão fundo quanto podia.
Ela não parava de gemer e de se vir.
Eu não aguentava mais e tirei
Ela estava ofegante, e corada.
Ajoeilhei-me na cama e meti a cabeça dela entre as minhas pernas.
Gritei
abra a boquinha.... abra a boquinha e ao mesmo tempo ía batendo uma punheta.
Quando já não aguentava mais esporrei-me e enchi-lhe a boca com o meu leite.
Escorria leite da boca pelos cantos
Ela bebia-o mas era tanto que continuava a escorrer pelos cantos.
Bom, disse eu
A sopa já está, agora falta a sobremesa.
A sobremesa? disse ela
Sim
Volte-se que a vou enrabar.
Não.... não gemeu ela.... isso doi.
Não doi nada disse eu
Voltei-a e de imediato apontei a cabeça do caralho à quele cuzinho virgem
Empurrei, empurrei ate estar todo bem dentro
Ela gemia de dor e prazer.
Quando eu disse que ía tirar ela respondeu-me;
Não. Não tires agora, fode-me mais.
Fodi aquele cuzinho virgem ate me esporrar todo dentro dela.
Só parei quando já havia perigo da minha mulher voltar para casa.
Hoje é um segredo que nós temos.
Já voltamos a estar os dois, e o que ela mais gosta é mesmo ser enrabada.
Gosta de se por a olhar para o meu caralho de o admirar... e depois diz-me:
Vá fode essa cona faminta.
No outro dia a minha mulher olhava para mim de um modo que não sei se a mãe lhe contou ou não.
O que sei é que a filha fode tão bem como a mãe.
Julgo que ela sabe... mas não me importo
Julgo pois a minha mulher passou a ser mais exigente comigo.
Que bom que é comer as duas ... mãe e filha
publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 18:14
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds