Terça-feira, 24 de Junho de 2008

Comida a força !!!


Mais um dia de trabalho em que chego a casa com vontade de dar uma para relachar, como uma grande parte dos dias naquela altura a hora de chegar a casa era por volta das 10 da noite. Vou a cozinha como qualquer coisa e sento-me um pouco no sofá. Meia noite , meia noite e meia vou ter com a minha mulherzinha e digo-lhe.
-Vamos para a caminha?
e ela coma mesma resposta de sempre.
-ja vou
e la vou eu para a cama esperar por ela mais não sei bem quanto tempo, esperei, esperei, esperei, até que tive de começar a chama-la pois queria dar a minha fodinha, mas ela nem estava aí, estava-se bem a cagar como sempre, todo aquele tempo era mesmo para eu adormecer. E assim aconteceu, depois de me passar a tesão la adormeci.MMMAAASS quando ela chegou eu acordei deixei-a acomodar-se e la fui eu devagarinho enrrolar-me nela. Como quase todos os dias levei um não, tentei de todas as maneiras mas nada , ela só me emporrava e refilava como se ja tivesse a dormir a 2 duas horas até que me passei e disse que não entendia, todos os dias a mesma coisa, esqueces-te que tenho vontade de vez em quando???
La discutimos até que ela se passou e mandou foder... Levantei-me fulo da vida e fui pro sofa ver tv. Estava a sair do quarto e vai ela: tens fome bate uma e ficas melhor, não me chateis, eu parvo com o que ela me tinha dito e da forma arrogante como o tinha dito fui mesmo para o sofa fver TV. Ligo a tv, a tesão era tanta que só podia ser num canal...SEXO SEXO SEXO, como é obvio não era preciso esperar pela tesão pois ela ja la estava a bastante tempo. A pica era cada vez maior e não eguentei, la bati a minha punheta em menos de um minuto esporrei-me todo e la fiquei eu ali sentado a relachar. Até que no filme começou uma daquelas cenas que no dá um pica brutal, em menos de um minuto fiquei novamente de pau feito. e disse para mim, gostava de fazer isto mas é má onda, mas estava como tanta tesão que.........
Levantei-me devagar e fui até ao quarto para ver se ela estava a dormir ou a ler, luz apagada, mesmo como no filme, voltei para a sala. agarrei no meu tel e chamei um amigo meu, "vizinho",
-tou
-sim
-estas em casa?
-estou
-passa aqui agora para falar contigo
la veio ele da porta ao lado
-faz pouco barulho
-sim diz
-vais calar a tua boca bem calada e vis aproveitar esta ocasião pois podes nunca mais ter uma cena destas
-ok, mas diz la
-a minha miuda quer ser comida a força como se tivesse a ser violada.
- primeiro por mim e depois por outro homem que neste caso podes ser tu se quizeres alinhar na dela.
-só tens de não parar como se fosse mesmo uma violação
-ok, diz ele
la combinei a cena toda com ele e la fomos, eu até sabia que ela tinha uma fantasia do genero pois ela sempre gostou de ser fodida a força. num dia em que ela não estava mesmo para aí virada ia ser sensação.
La fomos e voltei a dizer.-lhe, puto nada de cortes senão estragas tudo...
roupa fora, paus feitos, o meu ja estava ha muito tempo e o dele se vocês lerem o conto "ansiedade oral" que tambem é meu, percebem que não demorou muito.
Entramos no quarto, ela estava a dormir, acendi a luz, ela nem se mexeu e eu feito porco puxo a roupa da cama para baixo, ela irritada olha para mim para refilar quando vê toda aquela cena de olhos bem abertos.
eu sem a deixar dizer nada digo-lhe logo.
-tira a tua roupa que agente não te quer magoar
-o quê que voçes querem
e mando me a ela, e meu vizinh a mesma coisa
-vem ca que eu sei bem o quanto queres ser fodida putefia
vi logo que depois de ter ouvido aquilo da boca dele as coisas iam aquecer, ela a fugir, agarrada por mim, ele a apalpa-la como se fosse a ultima foda da vida dele, ele sabia bem que ia comer uma mulher muito melhor que a dele por isso estava a dar com força.
até que ja estava toda nua e agarrada por mim pelas costas com as minha pernas entrelassadas nas dela, vai agora fode-a depressa senão ela foge-me.
ele aproxima-se, e ela só dizia não deixes não deixes. mas ele nem perdoou.
encavou-lhe o pau la dentro, ela virou a cara para o lado enquanto ele a fodia e eu me rossava atraz dela. fodeu-a fodeu-a.
como eu vi que para a cona ela se calhar não ia fugir decidi enrraba-la, ela sabendo que ia doer muito toda a cena se repetiu, la conseguimos agarra-la. e la fui eu com toda a minha má criação.
-Não querias foder pois não agora foste fodida por um vizinho e vais ser enrrabada por mim, se depender de mim amanhã nem andas puta do caralho, a cara dela até fazia dó de dores que tinha mas eu não parei, só queria sentir a minha barriga a bater na bilha dela.
Como ja me tinha vindo duas vezes ja estava mais ou menos satisfeito e então mandei meu amigo para casa.
Ela teve uma semana sem olhar para mim, mas depois um dia em que a apanhei mais quentinha, ela la me disse que de vez em quando lembra-se de tudo isto e que hoje em dia ja lhe da tesão pensar como foi tão fodida num momento em que ela nem estava a pensar em sexo.
-andei uma semana que nem me podia sentar, até tive medo de ter de lavar pontos pela brutalidade de ser enrrabada com tanta força e tambem pelo tamanho do pau do vizinho, mas cada vez que penso em voçês completamente fora de si vejo o quanto pode ser bom ser comida com toda a força possivel e sem o minimo de respeito.

publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 16:24
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds