Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

Descoberta do Ménage


Descoberta do Ménage

Uma vez, Ana falou-me que uma de suas fantasias era participar de um Menage, porém ela foi bem clara: com dois homens amigos. Então, comecei a procurar dentre meus amigos aquele que fosse mais liberal e ao mesmo tempo pudesse lhe agradar. Finalmente encontrei. Marcamos para sair e apesar da tensão inicial dos três, estávamos bem sintonizados, sabendo o que queríamos. Quando decidimos ir para um lugar mais calmo, minhas pernas tremiam, pois o nervosismo da primeira vez é sempre eminente.
Relaxei um pouco quando Ana começou a beijar-me ternamente, ao mesmo tempo em que abria meu zíper, expondo meu membro por completo. Aquilo me excitou demais, porém, o mais instigante foi perceber que ela também ficara excitadíssima, observando e apalpando meu pênis como se fosse seu brinquedinho de estimação.
Estávamos tão envolvidos um com o outro, estava tudo tão quente e delicioso, que quase esquecemos do nosso amigo na mala do carro. Coisas que fazemos para realizar a fantasia das nossas amigas. Mas vale a pena!
Ao entramos no quarto percebi um clima tenso. Pairava no ar a pergunta: o que fazer agora que finalmente estamos os três aqui? Para quebrar um pouco o clima, eu como bom anfitrião, ofereci uma cerveja e retirei-me. Preparei a hidromassagem, momentos depois retornei e deparei-me com Aninha sentada de frente, no colo do meu amigo, trocando beijos ardentes enquanto ele retirava sua blusa. Neste momento eu fiquei parado apenas observando os dois e me excitando com aquela cena maravilhosa. Segurava o copo de cerveja com a mão esquerda enquanto discretamente masturbava-me com a direita. Quando Paulo levantou-se com Ana no colo, voltei à banheira para não quebrar aquele clima envolvente entre eles. Quando retornei mais uma vez, Ana estava de quatro, só de cuecas dando prazer ao meu amigo, não resisti e fui ao seu encontro, retirando a última peça. Deliciei-me com seu doce néctar.
Durante todo o tempo, Ana foi de uma habilidade ímpar, dando-nos prazer, deixando-nos completamente loucos. Percebia-se o prazer que sentia em nos dar prazer. Revezava-se em atenções e posições com extrema naturalidade e habilidade. Realmente estávamos totalmente sintonizados naquela relação a três. Não tenho palavras para descrever a sensação que tomou conta de nós, tanto que em pouco tempo explodimos num orgasmo luxuriante e fantástico, o primeiro de muitos naquela noite, sendo a dupla penetração foi o ápice da nossa aventura.
Inexplicável o que senti naquela noite... Adoro relembrar as nossas loucuras. Quando quiser repetir a dose, não é preciso pedir duas vezes!

publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 17:00
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds