Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Assim me tornei PUTA


Atenção, isto não é um conto erotico, mas é um conto bem verdadeiro e que eu dedico a todas as mulheres.

E foi ao ler um entre os muitos anuncios e devido a uma fase menos boa da minha vida que arrisquei em responder.
"Empresario de bem com a vida, procura amante, ofereço ajuda finaceira", respondi, trocamos contactos de msn, contacto telefonico, etc, etc... e chegou o dia em que nos encontramos para nos conhecermos.
José, 40 anos, bem parecido, roupas de marca, BMW, etc...
depois de 2h de conversa..José, diz: sinceramente, quase que tenho a certeza, que és a pessoa que procuro, bem parecida , com dialogo, discreta... posso e quero ajudar, apenas terás que ser só minha e não te quero a responder a mais anuncios, sou uma pessoa honesta de palavra, requintada, não acho por bem, estar contigo e manusear dinheiro de cada vez que estamos, prefiro faze-lo por transferencia bancária. Entarmos no carro, trocamos olhares, e não resistimos, beijamo-nos e num apice estavamos a caminho do motel... a verdade se diga, a ideia que alguem me iria ajudar e ainda por cima esse alguem ser tão apeticivel, confesso que me excitou duplamente. Depois de 2 horas e tal de intenso sexo, saimos no motel e demos um beijo de despedida. No dia seguinte, recebi uma mensagem: Deixaste-me louco, és uma foda e tanto. Só sonho em repetir. Ah querida, envia o teu NIB, vou fazer de imediato o que combinei contigo.
Passaram 2 anos...a dita transferencia não deu entrada, lol.
Setembro 2007... outro anuncio identico, jovem empresario com posses, pretendo uma unica mulher para amante, ajudo financeiramente. E..mais uma vez, respondi. Marcamos encontro, e estivemos 2 horas a falar, eu estava encantada, jovem, bonito, educado, com uns labios muito convidativos... demos um beijo na despedida, que me fez tremer dos pés á cabeça.
Passado 3 dias, encontramo-nos de novo, e embora sem sexo, trocamos beijos, caricias, enfim...nunca ninguem me tinha feito sentir tanta tesão. (Ah... é de referir, que esta pessoa, desde o primeiro encontro sempre me ajudou).Quase todos os dias, abria o meu mail e tinha "coisas" muito boas de ler... Seguiram-se poucos, mas muito bons encontros de sexo..passaram-se 3 meses, e este meu sonho, desapareceu de um dia para o outro.
Sim, o meu sonho..porque eu vivi um sonho, uma paixão, eu amei, deixou de ter qualquer importancia a palavra "ajuda financeira" e tudo o que eu queria era tê-lo, adormecia a pensar, nos beijos, nos belos minetes, nos broches que eu tanto gostava de lhe fazer...
Deixei de pensar em mim,nas minhas crises monetárias...e todos os dias acordava e humilhava-me pedindo-lhe para fazermos amor.
Deixei de ter amor proprio, de tentar arranjar soluçoes pra minha vida.. o meu MUNDO era ELE.
Uma noite, coloquei a mim mesma, 2 hipoteses: "desaparecer" ou lutar, e optei por lutar da unica forma que consegui, onde neste país, nada está bem, onde não se ganha para sobreviver.
Resumindo... jurei a mim mesma, que para ser humilhada...tinha que lucrar com a situação. Presentemente, sou prostituta, tenho dias que me sinto humilhada sim, mas tb tenho dias em que me sinto muito bem. "como" homens muito bons, boas fodas, disfruto em pleno do momento... aprendi a "variar", lol...velhos, novos, meiguices, uns gostam de apanhar porrada, que eu lhes mije em cima, que lhes coma o cú com o meu belo kit de vibradores. Financeiramente, não estou rica, mas vivo mais desafogada.
Aprendi que os homens são para foder e receber...lol, porque eles são muito pobres de sentimentos e não mereçem outro trato.
Agradeço a ELE, os melhores momentos da minha vida. Embora bem arrumado no meu coração, ELE, estará sempre presente.
Como disse, dedico este conto a todas as mulheres e em especial a todas as mulheres "amigas de profissão"

publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 16:03
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds