Quarta-feira, 4 de Junho de 2008

Esposa Exibida


ESPOSA EXIBIDA
de um certo tempo para ca começei a
senti tesao em ver minha esposa
usando roupas que chamasce atençao
coisa que nao gostava começei comprar
roupas curtas tranparentes e
indecentes para ela, ela estranhou
agurmentou que eu nao deixava ela usar,
mas falei para ela que mudei de ideia e que agora deixaria mas so comigo,mas ela nao aprovou muito a ideia e que nao ioria usar em qualquer lugar, um dia chamei para irmos ao shoping e que ela tinha que ir com umas das roupas que comprei ela nao aceitou mas de tanto neu ensistir ela colocou uma blusinha branca trasparente que dava para ver aquele peitinho durinho igualsinho uma pera so o bico do peito dela mede quase 2 cm uma delicia e colocou uma calcinha que atraz so tinha um fio e na frente 2 dedinhos com saia de crepe que dava para ver sertinho a calcinha, meu amigo o shoping parou para ver minha esposa nao tinha um que nao olhava aquilo so foi me dando tesao e comecie a pedir a ela para provocar, sumimos varias vezes de escada rolante que quem esta em baixo dava para ver, deixar cai coisa no chao para ela se abaixar e pegar ai os peitinho dela aparecia tudo, vamos para a praça de alimentaçao e pedir para ela ficar com a perna aberta de vez enquando para nao dar muito na pinta com aquilo os machos nao tiravam o olho dela e o meu tesao so aumentava, quando o garzon vei pedir para ela se curva um pouco para os peitinho dela ficar de fora, o garçon ficou doido nao sabia o que fazer, quando estavamos indo embora pedir para ela colocar a sai um pouco para cima no carro para deixa-la amostra e deixa-se umas da alça da blusa caida praticamente aparecendo o bico do peito dela, na garita do shoping na hora de pagar era uma sapata por conhecidencia ela ficou doida e virou para ela e falou que ela era muito gostosa que chupara ela toda aquilo fiquei doido e pedir p/ minha esposa mostra tudo para ela ali rapinho e ela ficou peladinha para delirio da sapata e vomos embora alegres e doido para comercamos uma foda legal que nao estavamos aguentando mais para trasarmos.
publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 14:50
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds