Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Eu + Tio + Cao


Bom o que aconteceu comigo já faz 2 anos, na época eu tinha 19 anos, bom sou branco 171 de altura, simpático 1 corpo magro atlético, eu tenho um tio muito simpático ele é moreno Claro. 180 de altura magro.

Moro com minha mãe, na época ainda estudava pela manhã, minha mãe teve que passar dois dias fora de casa, pois ela tinha sido promovida e tinha que fazer 1 curso especializado em outra cidade, como meu tio estava de férias ela pediu a ele que eu fosse fica na casa dele esses dois dias, ele concordou ele morava sozinho com 1 cachorro que ele tinha, chegando me instalei e tudo, quando foi à noite meu tio recebeu 2 amigos ficaram conversando e bebendo, foi pro fundos da casa onde tinha um jardim muito grande onde ficava o cao ele era muito bonito, bem cuidado, era uma mistura de vira lata e com outra raça era de porte médio preto, fiquei lá até anoitecer entrei, só estava uns dos amigos do meu tio um branco alto o "Naldo" era musculoso mais não era bonito, jantei e fui até meu quarto dormi, quando foi tarde da noite, senti alguém se deitar lentamente ao meu lado, não me mexi e fiquei observado o que iria acontecer, uma mão começou a alisar minha bunda estava dormindo de peito pra baixo, estava só de cueca, não sabia quem era só sabia que eu estava ficando hesitado com a situação ele começou a aperta mais forte e colocar o dedo dentro da cueca forçando a entrada do dedo no meu "cuzinho Virgem" Até então.

Ele me virou era meu tio, ele estava com aquelas bermudas de jogador de futebol sem cueca e logo se percebia que ele esta hesitado pelo volume que vazia o calção, fiquei sem ação no momento ele pegou no meu pau que estava babando de tezão e ele falou safadinho da afim de da o cuzinho, ele me lascou um beijo e tirou a cueca que eu estava usando ele logo pos seu pau p/mim chupar não me fiz de rogado chupei saia um liquido esquisito e logo me acostumei, ele me fez deitar na cama e ficou por cima de mim começamos a fazer 69 Tri gostoso, foi quando fomos interrompidos o Naldo, ele ficou observando fiquei quieto quando ele se aproximou de meu Tio e começou a chupar o cuzinho dele aquilo me deixou com mais tesão eu chupava meu tio enquanto o amigo dele chupava o cuzinho dele e eu vendo aquela cena.

Naldo começou a enfiar a cabeça de seu pau na bunda do meu tio neste momento meu tio estava de quatro eu debaixo dele chupando ele e Naldo começou a enfiar bem devagar, meu tio gemia como uma vadia, ele começou a aumentar os movimentos eu sai debaixo de meu tio dando meu pau pra ele chupar, eu beijava e ele estava com muito tesão, foi quando meu tio me pos de frango assado e como eu era virgem ainda ele começou bem devagar doeu um pouco no inicio ele começou bem lento longo a dor foi se transformando em prazer, nisto o Naldo batia umas punhetas e beijava e dava o pau pra meu tio Chupar.

Meu tio inundou minha bunda de porá quando meu tio saiu Naldo me pos de quatro e enfiou sem do no meu rabo como se eu fosse uma putinha ele falava coisas obscenas no meu ouvido, ele me comeu de todos os modos e logo gozou saia um liquido nas minhas pernas e bunda era porá dos meus machos que caiam, logo Naldo gozou meu tio e ele começarão a me chupar pra mim gozar levei dedadas no rabo dos dois gozei muito.

Fomos tomar banho, meu tio desceu e Naldo ficou no quarto se trocando, eu fiquei no quarto e dormi a tarde toda.

Quando foi a noite meu tio entrou no quarto completamente nu sem falar nada já deu sua geba pra mim chupar e enfiando o dedo no meu bumbum, logo eu mi sentei na cama e ele começou a chupar meu pau e o rego do meu cu, Naldo entrou no quarto com o cachorro do meu tio na coleira fechou a porta e tirou a coleira dele, fiquei meio apreensivo Naldo tinha alguma coisa nas mãos era um tipo de doce e passou no rabo do meu tio Rock que era o cachorro começou a lamber o cu do meu tio Naldo começou a pegar no pinto do cachorro que parecia gostar de ser acariciado esta com uma ponta vermelha e o Naldo começou a puxar a pele e saiu um pouco mais, foi quando Naldo pos o Rock nas costas de Tio e o cachorro começou a tentar a comer meu tio e não conseguia foi quando ele guiou e pinto do cachorro no buraco dele entrou meu tio quase grita de dor o cachorro metia com maestria um vai e vem louco Naldo me pos de quatro e meteu no meu rabo fiquei de frente pra meu tio nos beijávamos e o cachorro metia no meu tio e quando Naldo comia meu cú meu tio delirava foi quando meu tio gritou com dor até então eu não sabia que o cachorro tinha um tipo de nó, o Rock enfiou sem do e enfiou com tudo no rabo do meu tio, e entrou o bendito nó, der repente o Rock virou ficando Cu pra Cu cara era uma cena linda meu tio dando o cu pra um cachorro e ainda por cima eu estava com um cara atolado no meu cu fazendo eu delirar e rebolar na vara dele.

O Naldo gozou meu tio estava grudado no pau do Rock eu ainda não tinha gozado dei meu pau para meu tio chupar ele começou a lamber e chupar eu gozei ele tentou tirar quando eu ia gozar dei uma estocada fundo na garganta dele, ele teve que engolir Toda minha porá olhei pra baixo ele tinha gozado uns duas vezes. Naldo continuava de pau duro o cachorro começou a lamber e depois de uns 15 minuto saiu o pau do Rock do cu do meu tio cara saia uma grande quantidade de porra e sangue do cu, estava arrebentado ele deitou no chão e o Rock lambeu o pau dele e foi lamber o cu melado de porra do meu tio cara quando vi o tamanho do pau do Rock fiquei impressionado com o tamanho do pinto dele. Naldo me fez lamber a porra do pau do Rock estava meio limpo pois o cachorro já avia lambido eu comecei a chupar depois de um tempo começou a sair um liquido meio esquisito mais chupei assim mesmo, Naldo me fez chupar seu pau e gozou na minha cara.

Tomamos banho meu tio passou uma remédio no cu pois tinha ficado muito dolorido.

Ainda hoje bato muitas punhetas pensando nisto.

Hoje nos tornamos amantes em nossas tranzas eu e meu Tio Naldo nem tanto.
publicado por Contos dos Leitores da Atrevida às 16:24
link do post | comentar | favorito

.CONTOS

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.Posts recentes

. A caminho do Hotel

. De regresso a casa

. A Rainha da noite...

. Passagem de Ano a 3

. Leitura em dia

. Uma Estranha no café..

. ...

. Fodi a amiga da minha mul...

. Eu e o Pastor Alemao

. Broche no Trabalho

. Paragem inesquecivel

. Os gemidos do quarto ao L...

. Paragem inesquecivel

. Primos da minha Mulher

. O meu homem a dias

. Ferias nos Açores

. Desejos GAY

. Como eu já tinha contado ...

. O desafio

. EU Mais minha Mulher e Ou...

. Conto erotico de Natal

. Conto erotico de Natal

. O sonho

. A Frincha da Porta eu Ent...

. Amiga Carente

. Uma Mulher ...

. Divinal...com imenso praz...

. Sessao GAY

. Bom Menage

. No Bar onde Trabalhei

.Arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds